Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Há sempre um fim

Sábado, 31.07.10

"Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!

E eu acreditava.

Acreditava, porque ao teu lado

todas as coisas eram possíveis.

Mas isso era no tempo dos segredos.

Era no tempo em que o teu corpo era um aquário.

Era no tempo em que os meus olhos

eram os tais peixes verdes.

Hoje são apenas os meus olhos.

É pouco,mas é verdade: Uns olhos como todos os outros,

já gastamos as palavras.

Quando eu digo: meu amor...

já não se passa absolutamente nada

e no entanto,antes das palavras gastas,

tenho a certeza

de que todas as coisas estremeciam

só de murmurar o teu nome no silêncio do meu coração.

Não temos já nada para dar.

Dentro de ti não há nada que me peça água.

O passado é inútil como um trapo.

E já te disse: as palavras estão gastas.

ADEUS.

Eugénio de Andrade

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por dolce_vita às 16:49





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Julho 2010

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031